Criar um Site Grátis Fantástico

Apocalipse 17

Apocalipse 17

Roma capital da Europa


O centro da atividade política, econômica e militar durante a época de Cristo não era Jerusalém, mas Roma. O poder do Imperio Romano espalhou-se pela maioria do que hoje conhecemos como Europa, mais os países do mediterrâneo, inclusive Jerusalém e a Terra de Israel.


Atualmente a união Européia não só está se juntando geograficamente, através da economia e da politica, mas o inconcebível também está acontecendo: Eles estão se unindo religiosamente.

O continente mais diversificado está se unificando!
A Europa foi instituída sobre a doutrina de Roma. Nenhum outro grupo de nações reinvidica  ser o centro intelectual do mundo, exeto a Europa.


A união Europeia está usando o símbolo da deusa Europa (Uma mulher) assentada sobre Zeus (deus dos deus da mitologia romana que virou uma besta) tanto em cartões telefõnicos, quanto em moedas de euros, selos de postagem etc.

Para encorajar o apoio a união Europa, o parlamento europeu publicou um pôster onde identifica a união Européia como sendo a torre de Babel reconstruída com a seguinte frase de blasfênia:

                                                           ''Europa. Muitas línguas uma só voz.''

                                                             poster


E na frente do parlamento europeu em bruxelas fizeram uma escultura com uma mulher assentada sobre uma besta.

                                                               europa

A mulher literalmente é a deusa europa sentada sobre Zeus (deus dos deuses) (Na mitologia Zeus se apaixona por Europa vira uma besta e a carrega). A mulher simboliza a união Européia e a besta seu futuro lider que se fara deus dos deus .

Há rumores de que Roma seja a futura capital da Europa no lugar de Bruxelas. A transferência de Bruxelas para Roma pode ocorrer a qualquer momento.
      


Antes e depois da Reforma


Os líderes da reforma tinham certeza de que a mulher montada na besta do apocalipse representava a igreja católica Romana como um todo e o papa em particular.
    

Durante mil anos antes de Lutero a Europa sofreu perseguições, queimas e afogamentos de Cristãos evangélicos, que jamais foram Católicos e ainda não eram chamados Protestantes. Este termo seria anexado somente mais tarde àqueles excomungados da Igreja por protestarem contra suas maldades. O movimento entre sacerdotes e monges exigindo um retorno à Bíblia começou muitos séculos antes de Lutero.

 

Prisciliano, bispo de Ávila, poderia ser chamado o primeiro Reformador. Falsamente acusado de heresia, bruxaria e imoralidade por um Sínodo em Bordeaux, França, em 384 d.C. (sete de seus escritos refutando estas acusações foram recentemente descobertos na biblioteca da Universidade de Wurzburgo na Alemanha), Prisciliano e seis outros foram degolados em Trier, em 385 d.C. e a este, muitos martírios se seguiam.

 

Passando rapidamente para os anos 1300, John Wycliff, se destacou pela autoridade das Escrituras, traduzindo-as e publicando-as na Inglaterra, e pregando e escrevendo contra as maldades dos papas e contra a transubstanciação.

Jan Hus um fervoroso sacerdote católico e reitor da Universidade de Praga, foi influenciado por Wycliff. Excomungado em 1410, Hus foi queimado na estaca como “herege”, em 1415, pelo crime de convocar uma Igreja corrupta à santidade e à autoridade da Palavra de Deus.

Esses pré-reformadores montaram o palco para a Reforma de Lutero. O próprio Lutero disse: “não somos os primeiros a declarar que o papado é o reinado do Anticristo, visto como durante anos antes de nós, tantos e tão grandes homens... encarregaram-se de expressar tão claramente a mesma coisa...

Por exemplo, num total concílio realizado em Rheims no século 10, o Bispo de Orleans chamou o papa de Anticristo. No século 11 Roma foi denunciada como a “Sé de Satanás” por Berenger de Tours. Os Valdenses identificaram o papa como o Anticristo, num tratado do ano 1100 d.C. intitulado “a Nobre Lição”. Em 1206 uma conferência albigense apontou o Vaticano como a mulher “embriagada com o sangue dos mártires”, o que ela tem continuamente provado ser.

 


     Roma= Vaticano
    

Alguns podem objetar que Roma e não a pequena parte conhecida como cidade do Vaticano é que está edificada sobre sete montes e além disso o vaticano não pode ser chamado de ''Grande cidade''.

    

Porém as palavras Vaticano e Roma são usadas universalmente sem distinção. Roma e o catolicismo estão tão interligados que a Igreja catolica é conhecida como Igreja Catolica Romana ou simplesmente Igreja Romana como a Catholic Encyclopedia declara:

  Dai entende-se o lugar central de Roma na vida da igreja hoje e o sentido de seu titulo ''Igreja católica romana'' a igreja que é universal, mas ainda assim centrada no ministério da bispo de roma. Desde a fundação da Igreja por São pedro, roma tem sido o centro de toda a cristandade.


     O trono oficial do bispo de roma, o papa não é a Basílica de São Pedro, e sim a catedral de São João Latrão, o qual está a curta distancia do coliseu e do forúm de Roma, no lado  oposto ao vaticano, e localizado no monte célio um dos sete montes de Roma, São João Latrão data do 4° século.

      latrãoroma

                                                      Catedral de São João Latrão     

Oficialmente, a igreja de São João Latrão, é a catedral do bispo de roma, o papa. É considerada a Igreja mãe do mundo cristão. Vaticano (Vatic+anus) significa: cidade  da profecia, colinas da profecia ou a velha mulher da profecia.

Vates,Vatis= Profeta, profetisa e Anus= Mulher velha, cidade, colina.
     Essa cidade é a velha mulher da profecia que está edificada sobre sete colinas. Cidade, mulher, colina estão ligadas á profecia.
    


A mãe das meretrizes e das abominações


     A igreja católica romana tem insistido no celibato, embora muitos papas, assim com  milhões de cardeais, bispos, arcebispos, monges e padres através da  história tenham violado esse voto.
     O celibrato não apenas fez pecadores os menbros do clero que caíram na prostituição, mas transformou em prostitutas aquelas com quem eles coabitaram secretamente. Roma é realmente a mãe das meretrizes.


     A história está repleta de dizeres que zombam do falso clamor da igreja pelo celibato e revelam sua verdade: ''O eremita mais santo tem sua prostituta'' e roma tem mais prostitutas do que qualquer outro cidade porque tem a maioria dos celibatários.


     Pio II declarou que Roma era ''a única cidade governada por bastardos'' ( Filhos de papas e cardeais) . Como diz o antigo ditado católico: porque ser mais santo do que o papa?
    

Chamar qualquer um desses homens de sua santidade é zombar da santidade de cristo. Porque uma cidade seria chamada de prostituta e acusada de se prostituir  com reis? prostituição e adultério são usados na Bíblia tanto em sentido físico como espiritual.

A igreja católica é uma entidade espiritual que poderia ser acusada de fornicação espiritual
     A igreja católica tem se engajado em relações adúlteras com os reis da terra.
     Essa entidade espiritual que afimava ter uma relação especial com Cristo e com Deus começou a ser identificada com uma cidade construída sobre sete montes.

Há um simbolo falico que se encontra na Basílica de São Pedro no Vaticano. Símbolo esse que tem sua origem no Egito antigo, é usado no satanismo na maçonaria. Esse símbolo fala da adoração ao sexo.

                                             vaticano


O Circulo com um ponto no meio representa o orgão sexual feminino, o obelisco, representa o orgão sexual masculino. Quando o obelisco é mostrado dentro do círculo, representa o ato sexual entre o homem e a mulher.

     Exatamente na Basílica de São Pedro Vemos esse símbolo de adoração ao sexo numa igreja que clama por celibato. o que esse símbolo pagão está fazendo na Basílica de São Pedro, onde o papa fala para os seus fieis?
     Essa cidade da profecia, edificada sobre sete monstes se tranformou nessa prostituta descarada. Sob a luxuosa vestimenta, as jóia de valor incalculável, a pesada maquiagem e o olhar desavergonhado e imprudente.
''Retirai-vos dela povo meu, para não serdes cúmplices em seus pecados. (Ap.18:4)


Edificada Sobre sete Montes.


Uma cidade construida sobre sete montes (Ap.17:9).

               cidade das colinas


Só uma cidade com mais de 2000 anos tem sido conhecida como a cidade dos sete montes.

Essa cidade é Roma. A COTHOLIC ENCYCLOPEDIA declara: ''É dentro da cidade de Roma, chamada de cidade dos sete montes, que se localiza todo o território do Vaticano. ''The catholic Emcyclopedia (Thomas Nelson, 1976) Vocábulo ''Rome''.

As sete colinas que a cidade de Roma foi construída são: PALATINO, CELIO, CAMPiDOGLIO, AVENTINO, VIMINALE, QUIRINALE E ESQUILINO.


     Mistério: BabiLônia a grande

 Essa grande cidade é chamada de Babilônia .

Até mesmo o apologista católico Karl Keating  há muito tempo admite que roma tem sido identificada como a Babilônia. Ele afirma que a declaração de pedro: Aquela que se encontra em Babilônia... vos saúda''... (1 pedro 5:13) prova que Pedro estava escrevendo de Roma. Keating explica:


Babilônia é uma palavra em código para designar Roma. Ela é usada dessa maneira  seis vezes no último livro da Bíblia (quatro delas nos capítulos 17 e 18) e obras extra-bíblicas como oraculos de Sibelio(5,159f.),  O apocalipse de Baruque (ii, 1) e 4 Esdras (3.1)
Eusébio Panfílio escreveu por volta do ano 303: ''É dito que a primeira epístola de Pedro... Foi escrita em Roma e que ele mesmo indica isso referindo-se á cidade em sentido figurado com  Babilônia.''

   

  Embriagada com o sangue dos santos.
     João nota que a mulher está embriagada com o sangue dos santos e com o sangue das testemunhas de Jesus. (Ap 17:6).


     Em sua History of inquisition [História da Inquisição] Canon Llorente, secretário da inquisição em Madri de 1790 a 1792, tinha acesso aos arquivos de todos os tribunais e calculou que somente na Espanha o número de condenados excedeu os três milhões, com cerca de 300.000 queimados na estaca.

Peter rosa reconhece que a própria Igreja Católica ''Foi responsável por perseguir Judeus, pela Inquisição, pelo extermínio dos hereges aos milhares, pela reintrodução na Europa da tortura como parte do processo judicial.''


Muitos cristão foram massacrados, torturados e queimados as centenas de milhares. Isso ocorreu porque eles simplesmente recusaram alinhar-se com a igreja católica Romana com sua corrupção, dogmas e práticas hereticas.


O territorio de Israel foi considerado como propriedade da Igreja catolica romana, não dos judeus.
Inocêncio III assassinou muito mais cristãos em uma tarde, do que qualquer imperador romano o tenha conseguido fazer em todo o seu reinado.


Os papas detinham o poder da vida e da morte até sobre os imperadores.
A igreja  católica tem sido a maior perseguidora tanto de judeus como de cristãos que o mundo já conheceu.

Reinando sobre os reis da terra.

     A mulher que viste é a grande cidade que domina sobre os reis da terra. (Ap 17:18).


     O vaticano é a unica cidade que envia e recebe embaixadores dos países mais importantes da terra.  

      Diferente de qualquer outra cidade na terra o vaticano é reconhecido como um estado soberano com seus próprios direitos, separado e distinto da Itália onde se encontra. Não existe até hoje outra cidade na história em que isso tenha acontecido.


Só do vaticano se poderia dizer que é a cidade que domina sobre os reis da terra.

Um históriador do sécudo XVIII contou 95 papas que afirmavam ter o poder divino para depor reis e imperadores.


O históriador Walter James escreveu que o papa Inocêncio III (1185 - 1216)
''Tinha toda a Europa em sua rede.''

O papa Alexandre III (1159-1181) declarou que o poder dos papas é superior ao dos príncipes. Alexande excomungou Frederico I imperador do sacro império romano, rei da Alemanha e da Itália.


Quando tentou castigar o papa, as forças de Frederico foram derrotadas pelo exército papal.

Imagine uma igreja governando o mundo através da força militar.
Quando o imperdor chegou a a presença do papa, deixou de lado o seu manto imperial e ajoelhou-se, pondo o rosto em terra.
     Alexandre avançou e colocou seu pé sobre o pescoço dele, enquanto os cardeais vociferavam em voz alta: ''Pisarás o leão e as áspide, calcarás aos pés o leãozinho e a serpente.''...
Alguns papas eram lídres militares, possuíam exercitos e navios a seu comando para alargar e assegurar seus territorios.


     Em 1155 o papa Adriano IV deu a coroa da Irlanda ao rei da Inglaterra.
    

O papa gregório VII (1073-1085) foi o primeiro papa que literalmente destronou reis. Gregório havia declarado: ''Desejamos mostrar ao  mundo que podemos dar ou tirar, à vontade, reinados, ducados, condados, em uma palavra, a possessão de todos os homens; porque podemos ligar e desligar".


     Não existe outra cidade que preencha esses critérios da descrição feita por João. Os governantes civís mais poderosos tremiam quando eram ameaçados de excomunhão, pois era uma crença quase Universal que fora da Igreja não havia salvação.

Vestida de púrpura e escarlate

     As cores púrpura e escarlate uma vez mais identificam a mulher tanto com a Roma pagã como com a cristã.
     Essas eram as cores dos césares romano que os soldados usaram ao cobrirem Cristo  com um manto, chamado-o zombeteiramente de ''rei'' (ap 17:4, MT 27:28, Jo 19:2-3) O vaticano tomou para si até hoje as cores do clero romano e são as mesmas das vestes da mulher.

O cálice de ouro em sua mão.

     O cálice de ouro em sua mão novamente identifca a mulher com a igreja católica romana.

A CATHOLIC ENCYCLOPEDIA  diz sobre o cálice: ''[é] o mais importante dos vasos sagrados... deve ser de ouro ou de prata, se for de prata nesse caso seu interior deve ser folheada a ouro.''
    

A igreja católica romana  possuí milhares de calices de ouro maciço guardados em suas igrejas ao redor do mundo.
Roma tem praticado o mal a fim de acumular sua riqueza, pois" a taça de ouro" está cheia de abominações (ap 17:4).


     Muita das riquezas da Igreja católica foi adquirida através do confisco de propriedades das pobres vítimas da inquisição.

A maior parte da riqueza foi adiquirida através da venda de salvação.
     Essa mulher está adormada de ouro, de pedras preciosas e de pérolas, tem na mão um cálice de ouro(Ap 17:4).


     O Cálice transbordante de abominações e com as imundícias da sua prostituição, indica que sua riqueza foi adquirida de maneiras abominaveis.


No inicio do século XVI, o honorável Lord  Stanhope, então general das forças armadas inglesas, foi apresentado ao tesouro. Gavim estava presente e ouviu o general exclamar:
''Se todos os reis da Europa pudessem colocar juntos os seus tesouros de ouro e pedras preciosas, não poderiam comprar a metade da riqueza deste tesouro.

Tal era a riqueza que havia numa única catedral numa pequena cidade da Espanha. há 280 anos atrás!

     A mulher montada na besta usava sua riqueza e poder para subjugar reis e reinos, e assassinar milhões que embora sujeitos a autoridade civíl, não podiam aceitar suas heresias.
Até hoje esse cálice de ouro transborda com o sangue daqueles que, por causa de sua consciencia, foram martirizados pela fé.


As moedas emitidas na  cidade do Vaticano, (1958-1963) traziam em um dos lados a imagem do papa, no outro lado, uma mulher com uma taça em sua mão direita.


Não resta duvida, a Mulher montada sobre a besta, é a Igreja Católica Romana!

 

Obra consultada " A mulher montada sobre a besta" de Dave Hunt.